quinta-feira, 6 de junho de 2013

Festa junina pra receber os amigos em casa


Pensando em receber os amigos pra uma festinha junina? Veja aqui algumas ideias que publicamos ano passado:

Para celebrar o aniversário do marido de um jeito menos tradicional, resolvemos aproveitar o mês de junho pra preparar uns quitutes e receber as famílias e alguns amigos com uma bebidinha quente.


Logo pela manhã, lavamos e secamos todos os morangos. Depois, colocamos três morangos em cada palito de churrasco. Aí foi só passá-los pelo chocolate derretido e espetar os palitinhos numa placa de isopor colocada dentro desta caixinha de madeira. O chocolate não era hidrogenado e demorou cerca de 1 hora para ficar bem sequinho.

 E festa junina precisa ter cuscuz, né? Esse daqui é uma velha receita da Vó Joana. Decidimos fazê-los em pequenas unidades para que os convidados pudessem comer com a mão, evitando o uso de pratinhos, garfos e facas. Claro que é mais trabalhoso fazer assim, mas sou suuper fã de finger food
Usei forminhas de empada para moldá-los e decorei o prato com alguns ramos de salsinha. No final da noite fiquei mega contente quando um dos convidados me disse: "Que delícia! Sério que foi você quem fez? Posso levar alguns pro almoço de amanhã?" :-) 

Os pinhões foram cozidos só com água e sal. Fizemos um pequeno corte nas laterais da casca para facilitar a abertura.

E aqui os tradicionais doces de coração... De abóbora e batata doce. Achei que ninguém ligaria para eles, mas fez sucesso!



Teve também milho quente. As espigas foram mantidas quentes a noite toda dentro de um rechaud com água. Ao lado, separamos algumas cascas lavadinhas para que servissem de apoio para o milho quente nas mãos. Ao lado do rechaud, colocamos também um saleiro e uma latinha de manteiga para os convidados se servirem.

Deixei o quentão para ser feito muito em cima da hora, pouco antes dos convidados chegarem, e confesso que ele ficou forte demais para o meu gosto. Ele ficou na mesa com as comidas, identificado com uma plaquinha feita com papel de scrapbook. Na cozinha, o vinho quente foi mantido quente em um CrockPot.



Os bolos de milho e de paçoca também foram feitos em forminhas individuais. E o que fez mais sucesso foram as tags que levavam os nomes dos bolos. Inicialmente eram plaquinhas com a inscrição "welcome". Para personalizar, foi só escrever o tipo de bolo em um retângulo de papel e depois colá-lo por cima da plaquinha com um pedaço de fita banana.
Essa foi a parte mais fácil da preparação. Paçocas e pés de moleque comprados prontos e distribuídos num prato de três andares.
Na cozinha tinha também o cantinho do cachorro quente. Para cada um preparar o seu. Pena que esqueci de tirar uma foto! 
 
Aqui, alguns detalhes colocados nos cantinhos da casa para dar um ar de "festa junina". Comprei uma dúzia de girassóis e os espalhei em garrafas de vidro. O lampião no aparador na entrada aqueceu e deu boas vindas aos nossos convidados. 



E como eu curti muuuito fazer esse aniversário junino, pro ano que vem, além de pendurar bandeirinhas, quero fazer "pescaria" na minha floreira e a barraca da argola na sala de TV :-)

Beijos e ótimo mês junino pra vocês!!
Mel